A Glutamina é um dos suplementos mais importantes para os praticantes de musculação; então vamos conhecer tudo sobre a Glutamina e entender os motivos que levam esse suplemento ser tão eficiente. A Glutamina é a proteína mais abundante no nosso corpo e é formada por 3 substâncias: ácido glutâmico, valina e isoleucina. Esses dois últimos fazem parte do BCAA, o que explica o fato da Glutamina ser um excelente anti-catabólico, pois mantém o funcionamento do sistema imune. Porém, a glutamina também é fundamental quando o assunto é hipertrofia, pois ela é capaz de aumentar a síntese de proteínas e de liberar quantidades extras de hormônios na corrente sanguínea, como a testosterona.

 Sendo assim, suas principais funções são:

- mantém o sistema imune;

- melhora do trato intestinal;

- regula a síntese e degradação de proteínas;

- remove o excesso de amônia e nitrogênio do corpo;

- controla os processos de anabolismo e catabolismo;

- aumenta a liberação de hormônios;

Um suplemento que melhora seu sistema imune, ajuda na síntese de proteínas e aumenta a liberação de hormônios é o sonho de consumo para quem almeja hipertrofiar ou definir, certo? Então como consumir esse suplemento? A recomendação mais encontrada na literatura seria consumir 10g de glutamina por dia, sendo 5g após o treino e 5g antes de dormir.

DICA: antes de dormir, inclua na dose de Glutamina uma dose de proteína de lenta absorção (Caseína ou Albumina). Assim você terá um sono anabólico e maximizará sua hipertrofia!