Hoje em dia é muito comum as pessoas apresentarem dores nas costas; essas dores podem ser causadas por diversos motivos, como excesso de peso, postura inadequada ou inatividade física. Entretanto, se essas dores nas costas não forem tratadas corretamente, elas podem evoluir para doenças mais graves, como a Hérnia de Disco. A hérnia de disco é caracterizada quando ocorre um deslocamento de um disco intervertebral, comprimindo as raízes dos nervos e a medula espinhal.

 

Devemos então adotar algumas mudanças para que esse problema seja minimizado. Obviamente que o primeiro passo é se consultar com um ortopedista para iniciar o tratamento, que normalmente é composto de analgésicos e fisioterapia. Finalizando esse processo, muitas pessoas ficam com receio de voltar a praticar musculação com medo do problema piorar. Entretanto, ao contrário do que a maioria pensa, a musculação é benéfica para as pessoas que tem hérnia de disco, desde que o Princípio da Individualidade Biológica seja respeitado. Então se você tem hérnia de disco, segue algumas dicas do que fazer para seu treino atingir seus objetivos, além de minimizar as dores:

- evitar exercícios de alto impacto (corrida);

- realizar exercícios de baixo impacto (bicicleta ou transport);

- evitar exercícios que possam comprimir a coluna (todos aqueles onde o peso fica acima da cabeça, como o desenvolvimento ou o agachamento com a barra);

- evitar deixar o banco 90º, inclinando-o levemente para trás para evitar a compressão dos discos;

- diminuir a carga dos exercícios e manter o treino intenso mexendo nas outras variáveis, como as repetições, as séries ou o intervalo;

- evitar exercícios de rotação do tronco para não ocorrer compressão dos discos;

- intensificar o treino de abdominais (lembrando de evitar a rotação do tronco), pois esses músculos tem como função principal proteger a coluna vertebral;

- realizar exercícios para fortalecimento da lombar, pois uma das principais causas das dores nas costas é o desequilíbrio de força entre abdominais e lombar;

- realizar alongamentos para reduzir as tensões musculares, melhorar a flexibilidade e a postura.

Seguindo essas dicas será possível praticar musculação mesmo tendo hérnia de disco (falo isso por experiência própria!). Então não tenha medo de fazer musculação, o que você precisa fazer é adaptar o treino de acordo com seu problema; assim você reduzirá suas dores e poderá atingir seus objetivos.