É evidente que todas as pessoas que treinam buscam melhorar em alguma coisa (saúde, bem-estar, composição corporal, etc). Então vamos entender o que acontece com nosso organismo quando treinamos e

como funcionam os processos de recuperação e evolução do corpo em resposta ao treinamento. Falaremos então de um fenômeno fundamental para atingir os resultados: a SUPERCOMPENSAÇÃO. O corpo humano se mantém em homeostase, ou seja, ele fica em equilíbrio e mantém uma estabilidade nas suas funções. A quebra da homeostase é de extrema importância para nossa sobrevivência e para que sejamos mais resistentes, fazendo com que o corpo melhore suas funções fisiológicas. Diversas alterações podem fazer com que essa homeostase seja quebrada, como temperatura, alimentação, stress e exercício físico. Isso mostra que o exercício físico é um agente estressor dentro do nosso metabolismo, causando algumas "agressões" ao organismo, como microlesões musculares e quebra das reservas de energia. Após o exercício o corpo precisa se recuperar das "agressões" que o treino causou. Então em uma atitude de sobrevivência, o corpo não apenas repõe o que foi perdido; ele aumenta os níveis que tinha antes do exercício. Essa recuperação acima dos níveis anteriores é a famosa SUPERCOMPENSAÇÃO, e é dessa forma que o treinamento aumenta os níveis fisiológicos do corpo, proporcionando sua evolução. Entretanto, para a supercompensação ocorrer, é necessário que o estímulo aplicado seja intenso, e que o descanso e a dieta sejam adequados para essa recuperação acima dos níveis anteriores; caso contrário, o corpo estará em involução. Sendo assim, fica claro a importância do descanso para atingirmos nossos objetivos. O treino causa agressões no organismo deixando-o em uma situação inferior do que o normal. É no descanso que o corpo se recupera do treino e evolui, desde que esse descanso seja adequado. Então não adianta estimular o mesmo músculo todos os dias, pois assim ele não teria descanso e consequentemente não evoluiria. O ideal é proporcionar um estímulo adequado juntamente com uma recuperação e uma alimentação adequada, buscando a supercompensação. RECUPERE MAIS, EVOLUA MAIS!