Como vimos anteriormente (se não viu, veja), os intervalos curtos de recuperação entre as séries são de fundamental importância para intensificar os treinos e maximizar seus resultados.

Além desses benefícios, intervalos curtos obviamente deixam seu treino mais rápido. Na postagem anterior (AINDA NÃO FOI LER? LEIA AGORA!), vimos que intervalos longos de recuperação entre as séries (60 segundos ou mais) não trazem nenhum benefício para seus treinos (exceto aquelas pessoas que buscam somente aumento da força). Mas agora vem uma informação que pode ser novidade pra muita gente: após aproximadamente 60 minutos de treino, o corpo começa a produzir mais cortisol, que é um hormônio catabólico; ele degrada a massa muscular e aumenta o acúmulo de gordura. Além disso, não podemos esquecer que para podermos fazer atividades físicas, precisamos de energia adquirida através da alimentação; só que essa energia pode acabar se o esforço for prolongado, fazendo com que o corpo utilize sua própria massa muscular como fonte de energia para conseguir manter o treino longo.
É muito comum vermos pessoas se vangloriando por terem ficado 3 horas na academia. Infelizmente para essas pessoas, elas estão cometendo 2 erros que comprometem e muito seus resultados: 1) ficar horas na academia elevando os níveis de cortisol, perdendo massa magra e acumulando gordura; 2) esse treino super demorado só é possível com longos intervalos de descanso entre as séries, fazendo com que a intensidade do treino diminua absurdamente. É muito mais válido fazer um treino um pouco mais curto, com intervalo curto entre as séries, mantendo uma intensidade alta durante todo o treino; assim você aproveita os benefícios de descansar pouco entre as séries, além de fugir dos malefícios de um treino longo, economizando tempo e maximizando resultados. Como sempre devemos levar em consideração o Princípio da Individualidade Biológica, fica difícil definir um tempo exato que o treino deve durar. Então minha recomendação é de treinar com uma intensidade sempre alta e com um volume total de treino entre 45 e 75 minutos; mais do que isso só resultará em prejuízos e insucesso nos objetivos. TREINE MENOS, EVOLUA MAIS!